segunda-feira, 4 de maio de 2009

A história por trás da porta


Primeiro eu encontrei esta foto no blogue do Maine. Achei fantástico, pois eu só havia lido sobre a história da foto original, quando se não me engano, aquela turminha do Careca lá no North Shore depois de beber todas no reveillon, resolveu ir surfar com uma porta.

Só que a pequena explicacão do Maine, mais o release que recebi hoje da ASP, simplesmente me obrigaram a ir o site da Sports Illustrated para ler tudo.

Se você é como eu e não se satisfaz só com as fotos, clica aqui para ler todo o artigo (em inglês).

Relíquia

Leiaute do tempo que se usava papel, cola, tesoura e lápis.

Abel Costa, amigo das antigas, mexeu com meus sentimentos hoje. O cara mandou por e-mail a imagem acima, com o leiaute original, criado por mim, da primeira etiqueta usada por aquela que viria a ocupar durante alguns anos, um lugar entre as grandes do surfwear brasileiro.

Na época em que criei esta etiqueta, o Abel estava namorando uma de minhas irmãs e enquanto começava a criar a Brasil Surf, eu estava começando a "brincar" com esta coisa de design gráfico.

Alguns anos mais tarde eu viria a ocupar a cadeira do responsável pelo marketing da Brasil Surf e pude viver o "outro lado" do esporte: o corporativo. Cuidava da equipe de surfe, do evento Brasil Surf Renner (etapa do Circuito Brasileiro de Surf) e, claro, da comunicação da empresa.

Bons tempos...

domingo, 3 de maio de 2009

Faça a sua aposta


A revista Surfer tem o seu Fantasy Surfer e há alguns anos eu brinco de tentar acertar quem vai vencer no WCT. O problema é que o site é em inglês e por este motivo muitos brasileiros acabam ficando de fora da brincadeira.

Há alguns meses li na "terra de Maine" sobre esta alternativa brasileira para o Fantasy. Na verdade trata-se de uma idéia mais bem elaborada e com regras totalmente diferentes daquela encontrada na versão gringa. E um grande facilitador: em português.

Vamos lá, ainda restam 8 chances para você mostrar que entende do assunto.